Sites Grátis no Comunidades.net Wordpress, Prestashop, Joomla e Drupal Grátis
  LOJA OKÊ CABOCLO 
Ícaros

Ayahuasca



 


 

Diz-se que a ayahuasca possuí espíritos extremamente poderosos e o xamã consegue alcançar o ritual de iniciação através das viagens visionárias e alucinações induzidas pela ingestão escalonada dessa mesma planta.
 A maioria dos xamãs ficaram a conhecer a ayahuasca apenas quando estavam doentes ou feridos e a tomaram para se curarem. Ou seja, foram apresentados a esta planta por uma cerimónia curativa. Muitos especialistas do Ocidente ainda fazem investigações acerca dos poderes desta planta. Para muitos seguidores da ayahuasca, ela apresenta os níveis de existência, sejam eles materiais ou não materiais como os pensamentos e sentimentos, como uma espécie de vibração. Esta vibração é muitas vezes resultado dos ícaros.

   


Preparo da Ayahuasca
 

Os ícaros são canções xamanicas que se aprendem com os próprios xamãs ou com os espíritos. Actualmente estas canções são usadas na comunicação entre os espíritos e o mundo natural e são frequentemente portadoras de um poder que provoca certos casos de alucinações e visões nos indivíduos que consomem ayahuasca. De facto, em muitos casos, ser vegetariano é sinónimo de possuir um vasto repertório de ícaros. diferentes tipos de ícaros servem uma variedade de propósitos, desde a cura a uma mordidela de serpente até à magia ligada ao divino.
Os ícaros possuem quase sempre o verdadeiro espírito das plantas ou dos animais. Por exemplo, a raya-balsa, uma planta aquática, pode ensinar a cada um como se anda debaixo de água. existem até ícaros de perfumes, pedras...
Factor importante a reter é que os ícaros apenas são usados durante as sessões de consumo de ayahuasca. Num estado já bastante avançado de consumo desta planta, o ícaro ajuda a estruturar a visão do indivíduo e pode mesmo modificar as alucinações que são habituais nestes rituais xamãs. Os ícaros foram até considerados como a quinta essência do poder xamânico.
 
Cântico Ícaro

Ícaro (canto ritual) recitado nas cerimónias de Ayahuasca.

Introduz-me no teu corpo,
Desde aí eu te falarei.
Introduz-me na tua mente,
Desde aí te deslumbrarei.
Introduz-me no teu coração,
Desde aí te dará calor.
Ouvirás a minha voz de serpente
Deslizando-se por teu ouvido.
Verás a minha luz sem vê-la,
Através dos sentidos.
E o meu calor te seguirá,
Mais alem do frio,
E serei parte de ti.
Terra lançada ao infinito!
A minha voz te susurrará!
Coisas que crês não saber
Dentro de ti vais encontrar
A resposta ao teu ser.
Oito, duplo circulo fecundo,
Duas serpentes enroladas.
Que te falam sem dizer,
Que te dizem sem falar nada.
Sou a energia em ti adormecida,
Desperta-me já!
Quero ascender, rastejar de uma vez.
Cruzar o zero já,
Fechar o circulo aquele,
Onde a flor dorme na cruz.
Quando o azul chagar á tua cara,
E a lua à tua cabeça
Ao teu encontro eu irei.
serpente vermelha desde a base
A fundir-me com o sol...
E a minha voz te guiará através da água
Com o calor do amor.

 
Criar um Site Grátis    |    Create a Free Website Denunciar  |  Publicidade  |  Sites Grátis no Comunidades.net